SP antecipa vacinação de adultos e anuncia doses para adolescentes

SP antecipa vacinação de adultos e anuncia doses para adolescentes

Maiores de 18 deverão ser vacinados até dia 16 de agosto

O governo de São Paulo decidiu, mais uma vez, antecipar o calendário de vacinação contra a covid-19. O objetivo é terminar de vacinar toda a população adulta do estado com ao menos a primeira dose de imunizante até o dia 16 de agosto, quatro dias antes do inicialmente previsto, e iniciar a vacinação de adolescentes com idade acima de 12 anos no dia 18 de agosto.

O governador de São Paulo, João Doria, disse que essa antecipação do calendário de vacinação será possível porque o estado adquiriu doses extras do imunizante CoronaVac do laboratório chinês Sinovac. Isso também vai depender do envio de mais doses pelo Ministério da Saúde.

A previsão do governo de São Paulo é vacinar os adolescentes com comorbidades, que tenham idade entre 12 e 17 anos, de 18 a 29 de agosto. De 30 de agosto a 5 de setembro serão vacinados adolescentes no geral com idades entre 15 e 17 anos. Já os adolescentes com idades entre 12 e 14 anos, sem comorbidades, serão vacinados a partir do dia 6 de setembro.

Pelo calendário estadual, a previsão é de que pessoas entre 30 e 34 anos sejam vacinadas até amanhã (29). Pessoas entre 28 e 29 anos devem ser vacinadas entre os dias 30 de julho e 4 de agosto e, aquelas com idade entre 25 e 27 anos devem começar a ser vacinadas no dia 5 de agosto. O governo prevê iniciar a vacinação de pessoas entre 18 e 24 anos no dia 10 de agosto, encerrando então a vacinação da população adulta com ao menos a primeira dose.

Apesar desse adiantamento do calendário, a capital paulista ainda sofre com falta de doses para vacinação. Esta semana, a cidade de São Paulo prevê vacinar pessoas com idades entre 28 e 29 anos. A vacinação de quem tem 29 anos já foi iniciada. Mas a prefeitura ainda aguarda a chegada de novas doses para poder confirmar o dia de início da vacinação para o público de 28 anos.

Mais de 35 milhões de doses de imunizantes foram aplicadas em todo o estado e 76% da população com idade acima de 18 anos está imunizada ao menos com a primeira dose. Até agora, 21% da população do estado completou o esquema vacinal.

O governo paulista alerta que uma pessoa só estará protegida contra o novo coronavírus se tomar as duas doses previstas das vacinas CoronaVac/Sinovac/Butantan, AstraZeneca/Oxford/Fiocruz ou da Pfizer/BioNTech ou a dose única prevista na vacina da Janssen.

Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil – São Paulo

Edição: Aline Leal

Saúde