Covid-19: governo do Rio antecipa segunda dose da AstraZeneca

Covid-19: governo do Rio antecipa segunda dose da AstraZeneca

Objetivo é barrar a contaminação pela variante delta

O governo do Rio de Janeiro anunciou, na noite desta segunda-feira (12), que antecipara o prazo de aplicação da segunda dose da vacina AstraZeneca contra a covid-19.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) vai publicar, nesta terça-feira (13), deliberação reduzindo o intervalo entre as doses da vacina de 12 para oito semanas.

De acordo com a secretaria, a decisão de antecipar a aplicação da segunda dose da vacina foi acordada com representantes do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) e após consulta ao grupo de especialista e epidemiologista da SES. “A medida visa acelerar ainda mais o esquema vacinal, tendo em vista que os municípios já estão com estoque disponível do imunizante para a segunda dose”, informou a secretaria.

Segundo a SES, o intervalo antecipado para a aplicação da segunda dose da AstraZeneca está em acordo com o descrito na bula do produto. “A SES esclarece que todas as vacinas disponíveis no Brasil são eficazes para o processo de imunização, como indicam estudos. E reforça que a população retorne aos postos de saúde para aplicação da segunda dose, completando o esquema vacinal.”

Uma das preocupações dos especialistas é quanto à presença da variante delta do novo coronavírus, considerada mais contagiosa. A antecipação da segunda dose da AstraZeneca é uma tentativa de barrar a contaminação por essa variante.

Vladimir Platonow – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro

Edição: Nádia Franco

Saúde