Documento diz que os quatro medicamentos do “kit de intubação” do estoque da secretaria de saúde do RJ Estão zerados.

Documento diz que os quatro medicamentos do “kit de intubação” do estoque da secretaria de saúde do RJ Estão zerados.

Documento da Secretaria Nacional de Saúde (SES) apontava que os quatro medicamentos do “kit de intubação” do inventário da pasta eram zero. A informação foi divulgada pelo “O Globo” e confirmada pelo G1.

O “kit de intubação” é composto por tranquilizantes, analgésicos, anestésicos e bloqueadores neuromusculares. Esses medicamentos são essenciais para a sobrevivência de pacientes que precisam de intubação, e a demanda global também está aumentando devido ao Covid-19. O documento tem data do dia 21 e foi assinado por Lazzarotto Silva, da Carolina, diretor de Assistência a Medicamentos e Investimentos Estratégicos.

A investigação foi conduzida a pedido de Leonardo Ferreira, Vice-Ministro Executivo da Saúde. Em resposta, ele apontou:

Existe uma “necessidade urgente de comprar esses medicamentos

A escassez do mercado tem causado muitas dificuldades às instituições públicas

A dificuldade de aquisição vem de “afetar diretamente o tratamento e o cuidado de pacientes criticamente enfermos

Dificuldades em garantir que esses produtos cheguem ao setor saúde

O Ministério da Saúde vem distribuindo medicamentos do “kit de intubação”, mas a regularidade e a quantidade “não são suficientes para garantir”CÓPIA DE

Saúde