Bolsonaro acusa Moro de crime federal e mostra nova conversa entre os dois

Bolsonaro acusa Moro de crime federal e mostra nova conversa entre os dois

RESUMO DA NOTÍCIA 

  • Presidente acusa Moro de “crime federal” por vazar conversa de Whatsapp à TV Globo 
  • Bolsonaro regiu mostrando diálogo do dia anterior com resposta diferente de Moro 
  • Presidente negou que ato a que compareceu no domingo fosse antidemocrático 
  • Moro defendeu-se dizendo que, nas conversas, tentou “minimizar” intenção de Bolsonaro de trocar chefia da PF 

Jair Bolsonaro (sem partido) disse hoje à imprensa que Sergio Moro, ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, cometeu crime federal ao divulgar conversas entre os dois no Jornal Nacional, da TV Globo, em 24 de abril, dia de sua saída do cargo. Advogados ouvidos pelo UOL, porém, questionam a conclusão do presidente. 

“Só quero rebater uma questão do senhor Sergio Moro. Em nenhum momento pedi relatório de inquérito. Isso é uma mentira deslavada. Tenho até vergonha de falar isso aqui”, afirmou, antes de acusar o ex-juiz da Lava Jato de habitualmente passar informações para a emissora. “Eu não preciso ter acesso a inquérito, é só assistir à Globo”. 

 Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2020/05/05/bolsonaro-acusa-moro-de-crime-federal-e-mostra-conversa-com-ex-ministro.htm?cmpid=copiaecola&cmpid=copiaecola 

Geral